• Mateus Gomes

Como Criar um Sistema Eletrônico de Monitoramento

Atualizado: 7 de Ago de 2019


A Engenharia Eletrônica pode criar uma infinidade de sistemas, e entre eles, um sistema eletrônico de monitoramento.


Este sistema é muito importante quando se precisa executar certas tarefas que dependem de dados medidos de algum meio, dados estes que podem ser temperatura, luminosidade, Ph e entre outros. Esse post irá te ajudar a entender como criar um sistema eletrônico de monitoramento.



Microcontroladores


Microcontrolador Arduino Uno

Os microcontroladores são uma peça fundamental dentro de um sistema eletrônico de monitoramento. Com uma programação básica, um microcontrolador pode controlar componentes ligados a ele e tomar decisões de acordo com os dados medidos por seus sensores.


Um microcontrolador dentro de um sistema eletrônico de monitoramento desempenha o papel de “cérebro”, controlando as funções de acordo com os dados medidos pelos seus módulos sensores.



Sensores


Os sensores são medidores de informações que ajudam um microcontrolador a tomar decisões e executar funções que dependem dos dados presentes nestas informações medidas. Dentro de um sistema eletrônico de monitoramento, os sensores desempenham o papel de monitorar os parâmetros alvo.


Os sensores podem medir diversas coisas, como:

Sensor de Temperatura LM35
  • Temperatura;

  • Luz;

  • Ph;

  • Umidade;

  • Peso;

  • Velocidade;

  • Vibração;

  • Cor;

  • Pressão;

  • Proximidade;

A maioria dos sensores medem apenas um parâmetro, mas em um produto eletrônico é possível combinar diversos sensores e assim medir várias coisas ao mesmo tempo e mandar essas informações para o microcontrolador decidir qual função será executada.


Módulos de Comunicação


Módulo Comunicação Gprs Intelbras Xg 4000 Smart Amt 4010

Os módulos de comunicação são responsáveis por transmitir dados do microcontrolador para algum receptor. Dentro de um sistema eletrônico de monitoramento, utilizar tais módulos deixa o sistema mais cômodo e viabiliza o monitoramento remoto.


A boa relação entre o ser humano e a tecnologia é essencial para deixar um sistema de monitoramento mais eficiente e confortável para o usuário, e a Internet of Things (IOT) ou Internet das Coisas (IDC) é um fenômeno, por possuir a capacidade de transformar tal relação.


Funcionamento do Sistema



Um sistema eletrônico de monitoramento funciona da seguinte maneira: os sensores enviam constantemente os valores dos parâmetros medidos para o microcontrolador, e dentro da lógica programada, as funções são executadas dependendo dos valores recebidos.


Fazendo uma analogia com o corpo humano, pode-se dizer que os olhos são sensores de luz, os ouvidos são sensores de som, a língua é um sensor de paladar e a pele é um sensor de tato e de temperatura, e com base nos dados medidos por estes sensores, o cérebro, que é o controlador do corpo, pode tomar decisões que dependem desses dados.


Como por exemplo, se a pele entrar em contato com uma superfície muito quente, o sensor de temperatura (pele) irá enviar para o controlador (cérebro) a informação de que o valor de temperatura medida está alto demais, e o cérebro irá tomar a decisão de afastar rapidamente a pele desta superfície.



Desenvolvendo um Sistema Eletrônico de Monitoramento



Para se desenvolver um produto eletrônico deve-se passar por algumas etapas, e a primeira delas é a etapa de diagnóstico. Nesta etapa, é realizado o escopo do projeto, e para que o projeto final saia com um resultado satisfatório, o escopo deve estar completo e bem feito.


A EletronJun oferece o serviço de consultoria, que pode te ajudar a realizar o escopo de um projeto de um sistema eletrônico de monitoramento.


Realize conosco um diagnóstico gratuito!
0 visualização
Contato
Redes Sociais

© 2020 por EletronJun. Todos os direitos reservados.